Sousa/PB -
Mandados

Polícia Federal deflagra a 22ª fase da Operação Lesa Pátria

Etapa visa à prisão e identificação de pessoas que incitaram e participaram dos ataques do dia 8/1.

Da Redação Repórter PB

30/11/2023 às 08:25

Imagem 22ª fase da Operação Lesa Pátria

22ª fase da Operação Lesa Pátria ‧ Foto: Divulgação

Tamanho da fonte

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 30/11, a 22ª fase da Operação Lesa Pátria. O objetivo é identificar pessoas que financiaram e fomentaram os fatos ocorridos em 8/1, em Brasília/DF, quando o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal foram invadidos por indivíduos que promoveram violência e dano generalizado contra os imóveis, móveis e objetos daquelas Instituições.

Para a data de hoje, visa-se dar cumprimento a 25 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva, expedidos pelo Supremo Tribunal, nos estados de Santa Catarina e Minas Gerais

Foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados. Apura-se que os valores dos danos causados ao patrimônio público possam chegar à cifra de R$ 40 milhões.

Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

As investigações continuam em curso, e a Operação Lesa Pátria se torna permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais expedidos, pessoas capturadas e foragidas.

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.