Sousa/PB -
Reunião

Magistrados da CGJ-PB visitam TJRN e Corregedoria e conhecem tecnologia relacionada à gestão da Saúde

A equipe da CGJ-PB foi recepcionada pelo corregedor-geral de Justiça do TJRN, desembargador Gilson Barbosa, e pelos juízes corregedores auxiliares Francisco Seráphico da Nóbrega, Paulo Maia e Felipe Barros. 

Da Redação Repórter PB

30/11/2023 às 16:00

Imagem Des. Carlos Beltrão (C) com o corregedor e o presidente do TJRN

Des. Carlos Beltrão (C) com o corregedor e o presidente do TJRN ‧ Foto: Divulgação

Tamanho da fonte

O corregedor-geral de Justiça da Paraíba, desembargador Carlos Beltrão, os juízes corregedores Carlos Neves e Antônio Carneiro, e o diretor da CGJ-PB, Damião Alves visitaram esta semana a Corregedoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte e o próprio TJRN, onde puderam conhecer a ferramenta tecnológica para gestão da saúde ‘GPSMed - Análises da Judicialização na Área da Saúde do Estado do RN’.

A equipe da CGJ-PB foi recepcionada pelo corregedor-geral de Justiça do TJRN, desembargador Gilson Barbosa, e pelos juízes corregedores auxiliares Francisco Seráphico da Nóbrega, Paulo Maia e Felipe Barros. 

O desembargador Gilson Barbosa destacou a importância do diálogo constante entre os órgãos. “Somos tribunais vizinhos, temos ideias que se compatibilizam e, por isso, essa troca de experiências é importante para a gestão", disse o corregedor-geral do TJRN.

Já no TJRN, a recepção foi feita pelo presidente da instituição, desembargador Amílcar Maia. Nesta ocasião, houve apresentação da ferramenta tecnológica de gestão da saúde ‘GPSMed’ pelo chefe da Seção de Inteligência Artificial do TJRN, Patrick Reineck.

Em sua fala, Patrick demonstrou como a Inteligência Artificial ajuda a identificar demandas de medicamentos e doenças de forma georreferenciada, baseada no conteúdo dos processos judiciais da área da saúde pública, lendo e analisando dados fornecidos diretamente de peças dos processos, como petições iniciais, decisões e sentenças.

“Quando o desembargador Gilson nos visitou, conversamos sobre a importância da aproximação entre os tribunais do Nordeste. A Corregedoria do TJRN recentemente conheceu as nossas práticas e, agora, nós viemos conhecer as do Rio grande do Norte para que possamos aproveitá-las. Às vezes, o vizinho tem ações e projetos interessantes que não conhecemos, como é o caso do GPSMed que nos foi apresentado. Com certeza, levaremos a ideia ao nosso Núcleo de Saúde e à Presidência do TJPB”, afirmou o corregedor da Paraíba, desembargador Carlos Beltrão.

Fonte: Repórter PB

Ads 728x90

QR Code

Para ler no celular, basta apontar a câmera

Comentários

Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste site ou de seus autores e é de responsabilidade dos leitores que publicam.